Laguna

O conjunto formado pelas belas praias, o simpático centrinho histórico e o imponente Farol de Santa Marta encanta os visitantes que chegam à Laguna, a cidade da heroína Anita Garibaldi. Durante a baixa temporada, o movimento é típico de cidadezinha do interior, mas quando o verão dá as caras, o agito intenso reúne famílias, jovens e surfistas em busca de um lugar ao sol.

Entre as praias mais procuradas estão as próximas do Centro, como Mar Grosso, contornada por avenida urbanizada, hotéis e restaurantes, além de point do surf, do windsurf e da vela. A grande atração de Mar Grosso é a pesca da tainha, no final da tarde. Na ocasião, os pescadores contam com o auxílio dos golfinhos, que conduzem os cardumes até a praia. Também movimentadas são as praias do Gi, extensa e salpicada por pequenas dunas; e a da Galheta, com areias claras, boas ondas, bares, restaurantes e sambaquis.

Boa parte das praias de Laguna tem acesso por barco. É o caso de Gravatá, Cardoso e Cigana, sossegadas e indicadas para a prática de esportes náuticos. Merecem destaque as praias de Itapirubá, Siri, Iró e do Sol. Para apreciar o Farol de Santa Marta, siga para a Praia Grande – extensa, como o nome diz – ou para a Prainha, uma enseada com boas ondas e vila de pescadores. Cartão-postal de Laguna, o farol foi inaugurado em 1891 e, do alto de seus 29 metros de altura, descortina vista panorâmica.

Depois de curtir o mar é hora de descobrir os encantos do Centro Histórico. Um passeio a pé leva ao Museu Anita Garibaldi, onde estão guardados documentos, móveis e fotos de época. Mais adiante fica a Matriz de Santo Antônio dos Anjos (1696), com tela de Victor Meirelles pintada em Roma, em 1856. Ao lado encontra-se a Casa de Anita – que não era dela, mas de seus padrinhos -, onde a ilustre personalidade se trocou para o casamento com o italiano Giuseppe Garibaldi.

Reservar agora

Outras Trips